Zelamos pelas condições de trabalho em toda a cadeia de fornecedores

Exigências de respeito aos direitos humanos são formalizadas em contrato

Como líder de varejo e atacado de alimentos no país e empresa comprometida com a ética e a transparência nos negócios, o Grupo Carrefour Brasil zela pelo bem-estar de todos aqueles que fazem parte das suas cadeias produtivas. 

Para assegurar a integridade desses colaboradores, a companhia mantém um monitoramento crescente de seus fornecedores para que eles cumpram rigorosamente com todas as normas da legislação trabalhista vigente e não violem qualquer prática de direitos humanos. 

O grupo conta com uma série de mecanismos para exercer esse controle. Entre eles, tem um Código de Ética e Social para Fornecedores que precisa ser rigidamente seguido por toda empresa que lhe presta serviço.

A empresa está alinhada com os compromissos mundiais e nacionais de sustentabilidade e respeito ao ambiente e aos direitos humanos. É, assim, signatária do Pacto Global a atua para o cumprimento da Agenda 2030 e de seus Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), entre eles o de Trabalho decente e crescimento econômico (ODS 8).

Também age para melhorar as condições de trabalho ao longo das cadeias de abastecimento do varejo a partir das diretrizes abordadas nos protocolos da Initiative Compliance and Sustainability (ICS), uma iniciativa setorial internacional. 

No Brasil, segue as orientações socioambientais da Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX), formada por redes varejistas para a implantação das melhores práticas de compliance entre seus fornecedores e subcontratados. No link www.abvtex.org.br/lista-de-fornecedores-aprovados, você pode consultar a lista de todos os fornecedores auditados pelo programa, inclusive os nossos parceiros diretos e subcontratados. Também somos membro fundador e curador do Instituto Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo (InPacto), que atua na promoção do trabalho decente.

O Grupo Carrefour Brasil também é signatário dos Princípios de Empoderamento das Mulheres, da ONU Mulheres. Em 2015, a empresa assinou um Acordo Internacional com o UNI – sindicato global.

Acesse o nosso portal www.conexaoeticacarrefour.com.br e encontre todas as informações sobre nossas ações e o compromisso com a ética e a transparência nos negócios.

NOSSAS INICIATIVAS PELOS DIREITOS HUMANOS

  • Mapa de Risco

    Ferramenta própria do Grupo Carrefour Brasil que combina a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e autuações da Secretaria de Trabalho para levantar setores e regiões de risco que fazem parte da nossa cadeia produtiva.

  • Due Diligence de Integridade

    Coleta e análise de informações de fontes públicas relacionadas à idoneidade de pessoas físicas e jurídicas na admissão de novos parceiros comerciais; as informações geradas são analisadas por consultorias e um time interno, com reciclagem do processo a cada dois anos.

  • Auditorias anuais independentes

    Os fornecedores devem ser submetidos a essa prática, que, no caso dos têxteis, é estendida aos subcontratados; os que não cumprem esse requisito, especialmente em relação ao respeito a direitos humanos e condições dignas de trabalho, têm os contratos de fornecimento suspensos.

  • Treinamentos individuais para fornecedores de frutas, legumes e verduras

    Em casos de não conformidade com as políticas do Grupo Carrefour Brasil, entramos com suporte para que os parceiros comerciais melhorem suas práticas e se desenvolvam, tornando a cadeia mais sustentável.

  • Exigências em contrato

    Os padrões de qualidade e requisitos sociais, trabalhistas, ambientais e éticos exigidos de nossos parceiros também são formalizados em contrato; os fornecedores têm de estar de acordo com os principais documentos que norteiam a conduta social do Grupo Carrefour Brasil: Código de Conduta para Negócios, Código de Ética e Social para Fornecedores e Acordo Nacional de Compra e Fornecimento.

  • Política de Compras de Carne do Grupo Carrefour

    No caso da pecuária, os fornecedores também se comprometem com a realização de uma pecuária mais sustentável, em que são definidas medidas para mitigar riscos socioambientais como o trabalho escravo.

  • Grupo de trabalho interno

    Criado em 2019, é formado por colaboradores das áreas de auditoria social, comercial, sustentabilidade, gestão de risco e qualidade; seu intuito é dar mais celeridade ao tema das auditorias e discutir as estratégias para garantir a responsabilidade social nas cadeias. Em 2020, foram realizadas 272 auditorias em fornecedores de marca própria.

  • Transparência

    Para mais informações sobre a cadeia de frutas, legumes e verduras clique aqui.